Sou cabeleireira: como posso comprovar minha experiência?

“Sou cabeleireira e busco boas oportunidades no mercado de trabalho”. Esse é um desejo de 10 entre 10 profissionais da beleza, não é mesmo? O primeiro passo, portanto, é obter um certificado profissionalizante.

Como você já deve saber, a capacitação profissional é bem-vinda no mercado de trabalho. Afinal de contas, existem milhares de pessoas querendo entrar na área, mas nem todas têm as habilidades exigidas.

Sendo assim, fique ligada neste artigo e saiba como se profissionalizar a partir da sua experiência, sem a necessidade de fazer um curso.

Sou cabeleireira: de que forma conquistar meu certificado?

Como você viu acima, o mercado está concorrido e há mais pessoas querendo fazer parte dele.

Por isso, é necessário se destacar com um diferencial. Nesse sentido, você tem várias opções para se capacitar. Sendo assim, você pode fazer um curso pago ou gratuito, realizar estágio em grandes salões, comprar um curso on-line para aprender o ofício ou ainda se valer da Certificação por Competência.

Aliás, o certificado por competência profissional afere o profissional que já tem experiência comprovada na área. Sendo assim, a experiência é o primeiro passo para participar do processo.

Depois disso, contudo, vem a análise de documentos pessoais e profissionais. Se tudo estiver em dia, você pode fazer uma prova teórica que é a condição para a aquisição do certificado.

Lembrando que o processo de Certificação por Competência é inteiramente reconhecido pela legislação brasileira. Aliás, o artigo 41 da Lei de Diretrizes e Bases (LDB), que é a Lei 9.394/96, legaliza a certificação de profissionais experientes.

Por consequência, se você trabalhou mais de dois anos num salão de beleza pode adquirir o certificado. Assim, terá mais oportunidades no mercado de trabalho.

Contudo, se você trabalhou sem registro em carteira, há outras formas de comprovar a experiência, como: contrato de trabalho, CNPJ correlato à área de cabeleireira ou ainda uma declaração de próprio punho.

SAIBA MAIS: Conheça os certificados emitidos pelo IBQP na área de beleza e estética

Mercado da beleza: veja o crescimento do setor

Com crise econômica ou não, o setor de beleza e estética não para de crescer. Afinal de contas, quem não quer se cuidar e ficar mais bonito ou bonita?

Basta verificar a dificuldade de agendar um serviço nos salões quando você mais precisa. Na maioria das vezes, há poucas vagas e opções de horários nos salões.

Para confirmar essa realidade, a pesquisa do Euromonitor apontou que existem 500 mil salões de beleza formais no Brasil. Há ainda previsão de crescimento de até 4,5% até o ano de 2021.

E esse crescimento vem sendo percebido nos últimos anos. Nesse sentido, a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec) comprovou que o mercado de beleza e bem-estar cresceu cerca de 10% ao ano na última década.

Para concluir este artigo, se você ainda está se perguntado: “sou cabeleireira, como ter um diferencial no mercado?”, comece investindo em sua qualificação profissional.

Agora é com você: deixe nos comentários a sua experiência como cabeleireira, como você começou e o que espera do mercado de trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *