Qual o principal requisito para adquirir o certificado por competência?

Você já ouviu falar na Certificação por Competência, mas ainda tem algumas dúvidas de quem tem direito a ela? Calma, porque neste artigo vamos explicar o principal requisito para adquirir o certificado por competência. Além de tratar de outras exigências. Então, vamos lá?

Primeiramente, é preciso ter experiência de, no mínimo, dois anos na profissão na qual você pretende obter o certificado. Sendo assim, se você trabalhou um ano e meio com carteira assinada em um emprego como supervisor de loja, não será possível obter o certificado.

No entanto, caso você possa complementar esses seis meses ausentes na carteira com um contrato de prestação de serviços na área de gerência de vendas, já é possível dar andamento ao processo.

O mais importante é que a Certificação por Competência visa reduzir burocracias como as praticadas num curso presencial. Porém, isso não quer dizer que você não passará por uma avaliação.

Isso porque o primeiro passo é analisar a sua documentação. Afinal de contas, você precisa comprovar que os documentos são verdadeiros, que o registro em carteira ou o contrato de prestação de serviços é idôneo. Isso porque o propósito é qualificar a mão de obra, beneficiando empresa e profissional.

Outros requisitos para obter a certificação

Contudo, além da experiência, exigem-se outros requisitos. Veja a lista a seguir:

  • ter mais de 18 anos de idade;
  • ser uma área compatível com o Ensino Fundamental ou Médio;
  • envolver uma área correlata a um curso livre;
  • passar na avaliação documental;
  • passar na avaliação teórica;
  • realizar o pagamento dos custos da certificação.

Importância de um certificado por competência

Desse modo, em poucos dias ou semanas você já terá um certificado profissionalizante em mãos. Mas você deve estar se perguntando: por que eu preciso de um certificado?

Como você sabe, o mercado de trabalho está seletivo e competitivo. Por mais que você esteja empregado hoje em dia, existe o risco da dispensa. Quando se busca uma recolocação profissional, somente a experiência em carteira não é suficiente.

 

Baixe grátis o e-book Guia Rápido para Melhorar sua Carreira sem Investir em Cursos

 

Nesse sentido, um certificado profissionalizante ajuda a reforçar que você é um profissional qualificado para a vaga. E, na prática, não importa a área. Sendo da área de culinária, construção civil, educação ou setor automotivo, os recrutadores só querem saber de uma coisa: quais são os seus certificados e a sua formação acadêmica.

Certificação é reconhecida por lei federal

Porém, se você está receoso, acreditando que o certificado não será aceito, pode ficar tranquilo. Isso porque a Certificação por Competência é embasada pelo artigo 41 da Lei Federal 9.394/96 (Lei de Diretrizes e Bases) e pelo parecer n.º 16/1999 do Conselho Nacional de Educação (CNE).

Além disso, não vem escrito no certificado se ele é fruto de um processo de Certificação por Competência ou obtido após um curso EAD (Ensino a Distância) ou presencial.

Para concluir este artigo, entenda que o requisito para adquirir o certificado por competência é a experiência profissional. Portanto, você já tem as habilidades e competências, mas precisa do reconhecimento oficial de um certificado.

Nesse sentido, não deixe de conhecer o Instituto Brasileiro de Qualificação Profissional (IBQP), que é especializado em emissão de Certificação por Competência desde 2008.

Aproveite e deixe seu comentário abaixo com alguma dúvida sobre o processo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *