Fique atento sobre as atualizações das NRs em 2020

As atualizações das NRs (Normas Regulamentadoras) vêm ocorrendo desde 2019. Se você é um trabalhador ligado à indústria ou um empresário é importante ficar por dentro de tudo. Portanto, saiba as principais alterações neste artigo.

É bom lembrar que alguns profissionais precisam ter certificados em NRs. Além disso, se você é empresário também é necessário, por consequência, ficar atualizado para evitar multas.

Isso porque as mudanças ocorreram para diminuir a burocracia e deixar o ambiente de trabalho mais seguro. Afinal de contas, com postos de trabalhos livres de riscos temos menos acidentes. Assim, percebe-se os ganhos na preservação da vida, do patrimônio e das finanças.

Então, venha conferir as mudanças mais significativas com as atualizações das NRs.

NR-1

A NR-1 trata das disposições gerais das normas regulamentadoras. Uma das normas dizia que era preciso atualizar as NRs de alguns profissionais. Contudo, a atualização estabeleceu que os funcionários não precisam ser treinados, já que passaram por um curso realizado no emprego anterior.

NR-2

Ainda sobre diminuir a burocracia, a NR-2 derrubou a antiga exigência de fazer uma inspeção prévia em novos estabelecimentos.

NR-3

A NR-3 trata do embargo (impedimento) de obras e interdição (fechamento) de estabelecimentos. A atualização deixou mais claro em quais casos isso pode acontecer.

NR-7

A NR-7 trata do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO). Ela exige exames médicos dos funcionários, bancados pela empresa. Com a atualização, no entanto, os exames foram centrados nas doenças que estão diretamente relacionadas à função do trabalhador.

NR-9

Já a NR-9 aborda o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA). Com a mudança, ele passou a se chamar Programa Geral de Riscos (PGR). Outra novidade é agora ele inclui riscos ergonômicos (de postura).

NR-12

Uma das mais extensas, a NR-12 tinha 1080 normas. Mas agora elas caíram para 713, apenas. Elas determinam, basicamente, os cuidados com a compra e o uso de máquinas industriais, seguindo as determinações de segurança.

NR-15

Ela trata das ações insalubres (que geram riscos) aos trabalhadores. A partir da atualização da NR-15 foi excluído o adicional de insalubridade em ambientes externos.

NR-16

Parecida com a NR-15, a NR-16 fala da periculosidade (perigo) aos trabalhadores. A mudança diz que o adicional de periculosidade não pode ser adotado quando o trabalhador fica em contato com tanques de combustíveis originais e certificados.

NR-18

A NR-18 atualizada traz mais autonomia para os responsáveis por obras de construção civil, permitindo que se criem planos próprios de segurança.

NR-20

Aqui a principal mudança foi a redução das exigências sobre os setores que trabalham com inflamáveis e combustíveis. O número de treinamentos pode cair, mantendo a segurança.

NR-24

A NR-24 trata das condições de conforto e higiene do local de trabalho. Com a atualização, portanto, o número de banheiros e vestiários é definido de acordo com a quantidade de trabalhadores no turno mais movimentado.

NR-28

Já a NR-28 determina os procedimentos de segurança e saúde dos trabalhadores e estabelece multas administrativas. Contudo, com a atualização algumas normas foram reunidas, diminuindo assim o número de regras a serem cumpridas.

Atualizações das NRs

Para concluir, as atualizações das NRs vêm ocorrendo, nesse sentido, conforme a demanda da sociedade e do governo. É importante ficar atento para evitar o descumprimento das normas.

Só para complementar, o Instituto Brasileiro de Qualificação Profissional (IBQP) emite certificados em NRs para trabalhadores e indústrias. Acesse o site e tire suas dúvidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *