Como comprovar a experiência como trabalhador autônomo

Você está trabalhando por conta própria, mas fica preocupado para comprovar a experiência como trabalhador autônomo? Pois saiba que isso é possível. Mas você precisa tomar algumas precauções. Veja todos os detalhes neste artigo.

Mas por que comprovar a experiência? Porque muitos trabalhadores estão vivendo como autônomos hoje em dia, porém pretendem voltar a trabalhar com carteira assinada. Aliás, isso pode ocorrer tão logo surja uma oportunidade.

Sendo assim, você deve atestar que já trabalhou na área na qual pretende atuar novamente. Só que desta vez como trabalhador registrado no regime CLT (Consolidação das Leis do Trabalho).

Além disso, você precisa comprovar a experiência como trabalhador autônomo diante de um grande cliente. Se, por exemplo, você trabalha como confeiteiro autônomo, mas está prestes a fechar parceria com um grande buffet, é imprescindível comprovar sua experiência na área.

Confira nossas dicas a seguir.

Formas de comprovação

Basicamente, você pode comprovar sua experiência com um contrato de prestação de serviços, com referências de clientes, com CNPJ aberto como microempreendedor individual, entre outros.

Vamos detalhar cada um deles? Veja mais detalhes.

contrato de prestação de serviços: é assinado entre você e a empresa contratante. Normalmente ele estipula prazos, valores, condições da prestação de serviço e, principalmente, seus dados pessoais. Assim você pode provar que já trabalhou na área.

referências de clientes: você pode pedir para que os seus clientes façam cartas de referências. Elas devem conter seus dados pessoais, o serviço executado e o grau de satisfação. Para facilitar as coisas, por exemplo, mande um modelo de referência para o seu cliente. Também é prudente avisar ao cliente que você quer usar a carta para um futuro emprego.

CNPJ como microempreendedor: quando você se torna um autônomo pode se formalizar como microempreendedor individual (MEI). Basta entrar no Portal do Empreendedor e fazer seu CNPJ. Se tiver dúvidas, peça ajuda no Sebrae ou na prefeitura do seu município. Lembre-se que é possível trabalhar como MEI e como empregado ao mesmo tempo.

Como conquistar a Certificação por Competência com sua experiência

O Brasil tem hoje cerca de 24 milhões de pessoas autônomas, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). Isso quer dizer que esse batalhão de pessoas pode comprovar sua experiência na área em que atua por meio de um certificado.

Trata-se da Certificação por Competência. É um procedimento no qual o candidato com experiência de dois anos ou mais se submete a uma entrevista, à análise de documentos e à avaliação teórica para comprovar seus conhecimentos.

Após todas essas fases, o autônomo pode conquistar sua certificação sem precisar fazer um curso. O processo é legal e reconhecido em todo o Brasil. Ele se fundamenta no artigo 41 da Lei Federal 9.394/96.

Primordialmente, a comprovação de experiência se dá pela carteira de trabalho. Mas para autônomos ela pode ser feita por meio do CNPJ ou do contrato de prestação de serviços. Em último caso também pode ser feita uma declaração de próprio punho.

Em suma, com a Certificação por Competência você poderá atestar, através de um documento, que é capacitado para trabalhar como pedreiro, cabelereiro, auxiliar administrativo ou muito mais.

Nesse sentido, o Instituto Brasileiro de Qualificação Profissional (IBQP) é responsável pela emissão de certificados por competência. Para saber os certificados oferecidos navegue pelo site. Aproveite e veja outros artigos no nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *