Certificado de artesão: como obter um reconhecido na área

Você está buscando certificado de artesão? Então, acompanhe este artigo com dicas de como se destacar na sua profissão e ter mais clientes. Afinal, a concorrência é grande e é preciso agregar valor ao seu produto.

Só para se ter uma ideia, existem 8,5 milhões de artesãos no Brasil, segundo informação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na maioria dos casos, são pessoas que transformaram o dom numa profissão. Sendo assim, alguns artesãos começaram a se dedicar ao artesanato como uma fonte de renda extra. Mas na sequência conseguiram priorizar o ofício e tirar o seu sustento somente dele.

Contudo, todos nós sabemos que muitas pessoas não dão valor a uma peça artesanal. Isso porque esses clientes não entendem que por trás de cada produto existem horas de dedicação.

Afinal, muitos artesãos investem na compra da matéria-prima, em cursos de aprimoramento, em deslocamento até o local de venda e em aluguel de espaços físicos para a exposição dos produtos artesanais.

Mas também há aqueles clientes fiéis que acreditam no valor do trabalho do artesão e ainda promovem o seu talento entre os colegas para que você consiga fechar mais vendas.

Quais áreas têm mais retorno financeiro?

É bom lembrar que o artesão pode trabalhar em diversas frentes. Na maioria delas, contudo, ele trabalha manualmente, transformando insumos em lindas peças. Veja, portanto, algumas áreas com mais aceitação no mercado:

  • bijuterias;
  • bordados;
  • cerâmica;
  • vidro;
  • gesso;
  • mosaicos;
  • pinturas;
  • velas decoradas;
  • sabonetes e sachês;
  • patchwork;
  • brinquedos.

Quais as vantagens de ter um certificado de artesão?

Um certificado de artesão demonstra que você é um profissional qualificado e preocupado em entregar um produto de qualidade ao seu cliente.

Embora o certificado como artesão profissional não seja uma obrigação, ele se torna um diferencial nesse concorrido mercado.

Um dos meios de se obter um certificado de artesão é participando da Certificação por Competência. Ela é amparada pela Lei Federal 9.394/96, artigo 41, e valoriza profissionais que têm experiência de mais de dois anos na profissão.

Na prática, você precisa apresentar seus documentos pessoais e algum documento que comprove sua experiência. Entre eles está a cópia do registro em carteira, a cópia do contrato de prestação de serviço na área, o número do CNPJ (se for MEI nessa área) ou, por último, uma carta de próprio punho na qual você reconhece ser verdade a sua atuação como artesão.

Portanto, veja alguns certificados trabalhados pelo Instituto Brasileiro de Qualificação Profissional (IBQP), que é uma escola profissionalizante especializada em Certificação por Competência:

Portanto, com o certificado da sua área em mãos fica mais fácil atrair novos clientes. Afinal de contas, você não precisa parar por aí. Sendo assim, pode fazer mais cursos pela internet e ampliar seus horizontes.

Também é interessante se envolver com a comunidade de artesãos, ou seja, participar das associações de artesãos do seu município, bem como dos grupos de empresários.

Em resumo, o certificado de artesão abre portas no mercado de trabalho ou perante a clientela, que passa a sentir mais confiança em seu trabalho.

Você gostaria de dar o primeiro passo agora na sua certificação? Entre em contato com o nosso atendimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *