Atendimento pelo WhatsApp
Olá! Clique em uma das opções abaixo e nós retornaremos o mais rápido possível.
SEJA BEM VINDO

Certificado por Competência Certificado Rápido Certificado de Qualificação Emitido por Órgão Competente



Certificação a Distância Certificação Técnica por Competência Registro no Crea Certificação Técnica



Certificado por Competência Certificado Rápido Certificado de Qualificação Emitido por Órgão Competente



Certificação a Distância Certificação Técnica por Competência Registro no Crea Certificação Técnica



É possível adiantar o processo de emissão do diploma?


É possível adiantar o processo de emissão do diploma? Certificação a Distância Certificação Técnica por Competência Registro no Crea Certificação Técnica

Você concorda que o brasileiro deixa as coisas para a última hora? Na maioria das vezes, é isso mesmo que acontece. O corre e corre do dia a dia faz muitas pessoas deixarem para depois o que poderiam fazer com antecedência e tranquilidade. E com a formação profissional não é diferente. Por isso, ainda não têm um diploma.

 

Justamente por isso, a equipe do Instituto Brasileiro de Qualificação Profissional (IBQP) gravou mais um vídeo onde comenta que de uma hora para outra as empresas costumam pedir o certificado de formação do funcionário.

 

Normalmente, as coisas acontecem bastante rápido. Os empregadores costumam pedir os certificados quando existe um processo de promoção em andamento.

 

Nessa hora, muitos profissionais se desesperam. E como eles sabem que a Certificação por Competência concede diploma técnico, em nível de ensino médio, para profissionais que já têm experiência na hora, acabam procurando o Instituto Brasileiro de Qualificação Profissional (IBQP) para se regularizarem.

 

Porém, durante o vídeo gravado pela equipe do IBQP, é explicado que não é possível pular as etapas da Certificação por Competência.

 

Primeiramente, é feita a análise documental, logo depois a prova teórica e o registro do diploma no Sistec-MEC e, somente então, encaminhado ao aluno. O processo todo dura no máximo três meses. Porém, não é possível antecipar esse prazo.

 

Caso o aluno não seja aprovado nas etapas iniciais, o processo é reiniciado. Na prova teórica, por exemplo, deve-se obter 70% de acertos para dar andamento à emissão do diploma.

 

Portanto, se você está nesta situação, tem mais de dois anos de experiência na profissão, mas não é diplomado, procure o IBQP e saiba mais.



Data: 30/09/2019




Compartilhar: