A Certificação por Competência é um curso profissionalizante?

No atual mercado de trabalho, fazer um curso profissionalizante é fundamental para conseguir um emprego. Mas você sabia que há algo ainda mais rápido e eficaz? É a Certificação por Competência. Veja agora as principais diferenças entre os dois.

Primeiramente é importante lembrar que o mercado de trabalho é seletivo e competitivo. Portanto, ter apenas o segundo grau não é garantia de conseguir um emprego. Além disso, é importante contar com um documento que comprove a sua experiência profissional, que não seja apenas a carteira de trabalho.

Por conta disso, muitas pessoas recorrem à qualificação profissional. Afinal de contas, basta um curso para abrir novas possibilidades no mercado.

O que são cursos profissionalizantes?

Os cursos profissionalizantes são cursos rápidos e focados numa determinada área do conhecimento. Sendo assim, uma pessoa que queira desenvolver uma nova habilidade faz um curso profissionalizante.

Na prática, o curso profissionalizante é um curso livre, pois não precisa do aval do Ministério da Educação (MEC) para existir. Além disso, ele é muito bem-vindo no mercado de trabalho, já que capacita o trabalhador para assumir uma vaga.

Portanto, suas principais características são:

  • rápido, dura em média de 2 meses a 1 ano;
  • pode ser presencial ou on-line;
  • focado numa área do conhecimento;
  • emite certificado;
  • usado para melhorar o currículo.

O que é a Certificação por Competência?

A Certificação por Competência é um processo de avaliação do trabalhador que já tem experiência na profissão. Ele faz apenas uma prova teórica e apresenta os documentos pedidos. Se passar nos processos, ele obtém a sua certificação na área pretendida.

Basicamente, todas as áreas são cobertas por esse método de avaliação. A exceção é para profissões que exigem diplomas de faculdades, como médicos, dentistas e advogados, por exemplo.

Legalização

Além disso, a Certificação por Competência é regulada pela Lei 9.394/96 e atualizada pela Lei 11.741/2008. Portanto, o certificado é reconhecimento nas empresas e em qualquer estado brasileiro.

O certificado obtido por esse processo contém nome da instituição, nome do aluno, carga horária (referente aos anos trabalhados), área de atuação, local e data.

Desse modo, a Certificação por Competência apresenta as seguintes características:

  • é mais rápida que o curso profissionalizante;
  • certifica profissionais que já estão trabalhando;
  • emite certificado válido em todo o país;
  • pode ser um trampolim para um curso posterior.

Ambos têm o mesmo peso

Portanto, como você viu, a Certificação por Competência tem o mesmo peso de um curso profissionalizante, porém é diferente dele por não exigir o cumprimento de uma carga horária de aulas e estágios, por exemplo.

Concluindo, a Certificação por Competência e o curso profissionalizante ajudam os profissionais a conquistarem melhores oportunidades no mercado de trabalho. Mas, como você notou, ambos são processos diferentes. O objetivo, porém, é o mesmo: preparar você para se destacar no mercado de trabalho.

Nesse sentido, o Instituto Brasileiro de Qualificação Profissional (IBQP) é especialista em avaliação e emissão de certificados por competência. Veja como funciona clicando aqui e fale com o nosso setor de atendimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *